Google Street View

Nossa loja

Conheça nossa estrutura fazendo um tour virtual!


                                                                    Ver mapa maior.  

terça-feira, 30 de abril de 2019

Qual a diferença entre bateria estacionária e automotiva? - #ELETROVANIOBATERIAS

Qual a diferença entre bateria estacionária e automotiva?

As baterias estacionárias e as automotivas são muito parecidas em sua construção, porém trabalham de maneiras diferentes. A bateria estacionária é indicada para diversas aplicações, mas a sua maior utilidade é em sistemas de energia solar, com o armazenamento nas placas solares. Nessa atividade, algumas pessoas confundem o uso de estacionária ou automotiva.
Uma bateria automotiva é constituída de muitas placas em paralelo e de espessura muito fina, capaz de fornecer uma grande corrente por um curto período de tempo, por exemplo, nas partidas de carro. Já a estacionária possui maior espessura de placa, é utilizada em aplicações com longos períodos de descarga profundas.
O que isso influencia? A bateria automotiva aplicada em um sistema de energia solar não durará muito tempo e será uma dor de cabeça ao proprietário. Ela não pode ser usada em longos períodos de descarga, pois as soldas internas foram designadas apenas para um curto período e o contrário pode ocasionar acidentes. As baterias estacionárias são fabricadas de maneira a economizar no desgaste e por isso, tem vida útil prolongada que pode chegar até 10 anos.
As demais diferenças estão em:
Os pólos de uma bateria automotiva são do tipo cônico, padrão utilizado em automóveis. As estacionárias possuem terminais do tipo parafuso e porca, o que facilita a montagem de interligações entre baterias;
Baterias estacionárias precisam de certificação da ANATEL para serem utilizadas. São testadas e aprovadas em laboratório licenciado antes da sua circulação. Nem sempre as baterias automotivas precisam dessa licença.

Analise abaixo as características construtivas de cada uma:

Automotivas

  • Projetadas para não descarregarem mais de 5% de sua capacidade total;
  • Construídas com grande quantidade de placas de pequena espessura;
  • Tensão usual é de 12V/elemento;
  • Recarga durante o uso do automóvel.

Estacionária

  • Conhecidas como baterias de ciclo profundo, podem perder até 80% de sua carga total;
  • Possuem placas internas espessas;
  • Alta capacidade A x h;
  • Tensão usual é de 1,2V/elemento;
  • Construídas com matérias mais nobres de forma a proporciona-las maior vida útil e confiabilidade;
  • Placas positivas em formato tubular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário