Google Street View

Nossa loja

Conheça nossa estrutura fazendo um tour virtual!


                                                                    Ver mapa maior.  

quarta-feira, 13 de novembro de 2019

[DICAS] Dúvidas e Cuidados com a bateria do Carro. 2019 #ELETROVANIOBATERIAS


O que é uma bateria?

A bateria é um acumulador recarregável de energia. Sua função é armazenar energia sob a forma química, que será transformada em energia elétrica quando o veículo solicitar. Ela serve para dar partida ao veículo, proporcionar energia para iluminação interna e externa e manter os "sistemas elétricos e eletrônicos" ativos quando o veículo estiver desligado. Uma bateria automotiva de 12 V é formada por 6 elementos constituídos por placas positivas, separadores e eletrólito. Todas as baterias aparentemente são iguais, porém, a tecnologia empregada na sua fabricação, assim como o processo, materiais empregados e sistema de qualidade são determinantes na performance e vida útil do produto.

Como funciona uma bateria?

O automóvel necessita de uma fonte de energia para que possa funcionar e essa energia e extraída da bateria. A bateria ou acumulador atualmente fornece ao veiculo 12 volts "CC" ( este valor foi padronizado) é constituída por 6 células e cada célula é composta por duas placas:
- uma de peróxido de chumbo (Pb O2)
- e outra de chumbo puro ( Pb ).

Cada célula produz uma tensão de 2,1 volts. Quanto mais puro o chumbo destas placas maior será a durabilidade e qualidade da bateria. No Brasil se vê o uso de chumbo reciclado o que faz com que a qualidade e durabilidade da bateria diminua.

As placas são mergulhadas em eletrólito (liquido que permite a passagem de corrente entre as duas placas) e ocorre uma reação. Nas baterias de chumbo este liquido é usualmente o ácido sulfúrico ( H2 SO4). O terminal positivo de cada célula é a placa de peróxido de chumbo e o negativo é a placa de chumbo puro.

À proporção que a corrente elétrica é drenada pelos circuitos exteriores ocorre uma reação transformando a placa, esponjosa e o peroxido da placa positiva em sulfato de chumbo ( PbSO4 ) e assim ocorre a redução do ácido sulfúrico do eletrólito para a água (H2O ).

O automóvel não só necessita de uma de energia "CC"(corrente continua) mas também de uma "CA"( corrente alternada ) a fonte de energia alternada provem do alternador que além de ser uma fonte , recarrega a bateria. O funcionamento do alternador é semelhante ao dínamo, a fonte de movimento do alternador são correias ligadas ao motor.

Baterias seladas são secas?

Atualmente toda bateria automotiva no mercado brasileiro contém eletrólito (solução de ácido sulfúrico e água) seja ela selada ou convencional (com rolhas).

Baterias seladas não produzem gases quando utilizadas?

Toda bateria automotiva, (selada ou não selada) produz gases quando estão sendo utilizadas.

Os gases produzidos dentro de uma bateria selada ficam no interior?

As baterias seladas têm um respiro, por onde escapam os gases. Se os gases fossem retidos dentro da bateria, com o tempo, o aumento de pressão faria a bateria explodir. O termo "selada" é utilizado de forma exagerada uma vez que nenhuma bateria é completamente fechada, e possui respiro.

Bateria "livre de manutenção" precisa ser selada?

Em todo o mundo existem baterias "livres de manutenção" com rolhas. Bateria livre de manutenção está relacionada com os materiais que são utilizados em sua fabricação e não se a bateria é selada ou com rolhas.
Entende-se como bateria livre de manutenção aquela que é construída com uma "liga" que produz baixa liberação de gases, seguindo as normas do BCI (Battery Council Internacional). Portanto, bateria livre de manutenção não precisa ser selada.

Baterias com prata são todas iguais?

Existem várias tecnologias que utilizam prata como elemento de liga para fabricação de baterias. No Brasil existem baterias com grades fundidas, expandidas e também as power frame. As baterias com grades expandidas e power frame são mais duráveis e com maior desempenho. No Brasil somente a Johnson Controls fabrica baterias com tecnologia power frame.

Rótulos sempre descrevem as características reais?

Existem fabricantes que colocam em seus rótulos valores indicativos que não refletem os testes baseados em normas nacionais e internacionais. Só confie em produtos de marcas consagradas.

Quais os diferentes tipos de tecnologias utilizados em baterias?

Flooded
A bateria Flooded, ou inundada, é a mais utilizada no Brasil. Nesta composição as placas são mergulhadas em uma solução ácido (eletrólito) livre dentro da bateria.

AGM
A bateria com tecnologia AGM (Absorbent Glass Matt), que em português significa separador de fibra de vidro absorvente, tem como característica principal a absorção total da solução ácida (eletrólito) em seus separadores. Com isso, as placas fazem o contato com a solução ácida através do separador, proporcionando muito mais durabilidade que as baterias convencionais e melhor desempenho elétrico para o veículo.

EFB
Do inglês, a sigla EFB significa em português “Bateria Inundada Melhorada” (Flooded Melhorada). Com essa tecnologia as baterias tradicionais recebem um tratamento especial das placas positivas, o reforço do material ativo e a adição de uma película sintética, que aliado ao sistema exclusivo de equalização da solução ácida, resulta em alto desempenho nas aplicações de partidas sequenciais, como os veículos Start Stop. A Heliar é a única marca a produzir baterias com essa tecnologia no Brasil.

PowerFrame
A qualidade da grade de uma bateria automotiva é um dos fatores que mais influenciam a sua durabilidade. Desenvolvida e patenteada pela Johnson Controls, a tecnologia PowerFrame garante mais resistência a corrosão e até 66% mais durabilidade quando comparada a uma grade convencional.
Além desses benefícios, seu processo de fabricação utiliza 20% menos energia e libera 20% menos gases poluentes, em comparação aos demais métodos de fabricação.

Cuidados no manuseio da bateria:

GASES

Proteja os olhos. Gases explosivos. Podem causar cegueira.

CHAMA

Perigo de combustão. Não aproxime cigarros acesos ou qualquer tipo de fogo.

CORROSÃO

Evite contato com o ácido. Conserve rolhas apertadas e suspiros desobstruídos. Solução altamente corrosiva. Pode causar queimaduras.

CUIDADOS

No caso de contato com a pele, lave imediatamente em água corrente. Se ingerido ou aspirado, beba muito líquido e procure socorro imediato.

Riscos do contato com a solução ácida e com o chumbo


A solução ácida e o chumbo contidos na bateria se descartados na natureza de forma incorreta poderão contaminar o solo, o subsolo e as águas. O consumo de águas contaminadas pode causar hipertensão arterial, anemia, desânimo, fraqueza, dores nas pernas e sonolência.

O contato da solução ácida com os olhos causa conjuntivite química e com a pele dermatite de contato. No caso de contato acidental com os olhos ou com a pele, lavar imediatamente com água corrente e procurar orientação médica. 3.O manuseio e/ou disposição inadequada de baterias veiculares usadas, degrada o meio ambiente e pode ser prejudicial à sua saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário